Home > Blog > Novembro Azul: 6 mitos e verdades sobre o câncer de próstata

Novembro Azul: 6 mitos e verdades sobre o câncer de próstata

Novembro Azul existe para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Quando se pesquisa sobre o assunto na internet, muitas informações vêm de fontes pouco confiáveis e acabam passando falsas verdades às pessoas. Então, para sanar algumas dúvidas que todo mundo tem, separamos 3 mitos e verdades sobre o câncer de próstata para você ter uma noção maior sobre esse tema do mês de novembro. 

Confira! 

 

  1. Todos os casos de câncer de próstata precisam ser tratados (MITO) 


Depende de vários aspectos, como a saúde geral da pessoa e fase do câncer. Quando o tumor é de baixa agressividade, pode-se optar por monitorar a evolução da doença. Caso haja a progressão, aí sim medidas precisam ser tomadas. 

 

  1. Histórico familiar aumenta o risco de câncer (VERDADE) 


O histórico familiar, na realidade, aumenta o risco de qualquer tipo de câncer. Se um familiar como pai ou irmão já sofreram de câncer de próstata, isso aumenta em 2 vezes a chance de o homem desenvolvê-lo. 

 

  1. Tratamento de câncer de próstata sempre causa impotência sexual (MITO) 


O tratamento de câncer sempre é acompanhado de alguns efeitos colaterais, ainda mais se o quadro apresentar necessidade de quimioterapia ou radioterapia. Se o câncer for de próstata, o principal método é a cirurgia que, às vezes, pode trazer problemas de ereção. Porém, isso só acontece quando o câncer está em estágio mais avançado, daí a importância do diagnóstico precoce. 

 

  1. A atividade física regular ajuda na prevenção e tratamento (VERDADE) 


A prática de exercícios provoca muitos benefícios e ajuda na prevenção do câncer de próstata, por melhorias como: fortalecimento do sistema imunológico, a minimização dos riscos de obesidade e a redução do estresse. 

 

  1. Ter o PSA alto significa estar com câncer (MITO) 


Quando falamos de PSA (sigla que vem do termo médico inglês Prostate Specific Antigens e significa Antígeno Prostático Específico em português), estamos falando de antígenos produzidos especificamente pela próstata. Ao contrário do que muitos pensam, esses antígenos são moléculas produzidas também quando a glândula está saudável. Se o PSA aumentou, isso não quer dizer necessariamente que você está com câncer de próstata. Pode ser que haja uma inflamação na próstata - conhecida como prostatite -, que aumenta a produção da enzima. Por isso que é sempre necessária a orientação de um urologista. 

 

  1. O câncer de próstata tem cura (VERDADE) 


A taxa de cura do câncer de próstata é elevada. Mas, para isso, o diagnóstico deve ocorrer em sua fase inicial. O tratamento, geralmente, é baseado na cirurgia para retirada da próstata e na eliminação do câncer. Em situações mais delicadas, dependendo da idade do paciente, o médico opta por outros tratamentos, como a quimioterapia. 

 

Junte-se ao Covabra neste mês de conscientização!  


05/11/2019

© 2019 Covabra Supermercados. Todos os direitos reservados.